sábado, 23 de setembro de 2017

POEMA SÉTIMO CÉU


Vestidos de Renda amarelo

SÉTIMO CÉU

Sétimo céu,
Sétimo dia
Sentimentos ao léu!...
Manto da Virgem Maria,
Paixão de véu!
Até à idolatria,
Sétimo céu,
Amo-a com magia
Imaginando Galileu,
Instinto de galhardia
Flor, de androceu
Vivência de concórdia,
Sétimo céu,
Música em rapsódia
Doce jubileu
Vitória da galhardia
Ela e eu
Formação de abadia,
Grandeza de museu
Eterna estadia
Sétimo céu


Daniel Costa

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

POEMA ANNA LÍLIAN


Foto de Pescador de Pérolas.
Foto de Pescador de Pérolas.

ANNA LÍLIAN

Anna Lílian
Da cidade do brejo
Mari… chamemos-lhe - Marien
Sete anos e um beijo,
Um beijo e um canto, um Kirien
Tudo entoado em jeito de cortejo
Anna Lílian
A recordar a Bela e a Fera, gracejo
Literatura de ficção, de afã
Amostra real, onde no amarelo revejo
 O majestoso príncipe Willian
A felicidade em bafejo
Anna Lílian
Disfarçado de fera, em manejo
Para futuro in memorian
Animam-se os sete anos e o Cortejo
Senhorita de quente amarelo, Kribian
A fera é encantamento de príncipe, prevejo
Anna Lílian

Daniel Costa

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

POEMA SONHAR QUERER E DESEJAR





SONHAR QUERER E DESEJAR

Sonhar querer e desejar
Concentrar  o desejo no sonho
No caminho do sonho, do cortejar
Sonho sussurrante, enluvado de linho
A chama no coração a crepitar
Almejando futuro risonho
Sonhar, querer e desejar
Espevitando o vulcão desse sonho
O que se deseja solfejar
 Mundo de histórias de quadradinho
Mundo de sonhos a badalejar
Carrilhões, sinos e sininho
Sonhar, querer e desejar
Amar com jeitinho, terno como pássaro no ninho
Trinando, com o desejo a espacejar
Desejo de amor de principezinho
Na procura de ser amado e se regozijar
Com um amor a si igualzinho
Sonhar, querer e desejar

Daniel Costa

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

POEMA O TOQUE DAS TRINDADES


Imagem

O TOQUE DAS TRINDADES

 O toque das trindades
O toque do sino ao por do sol
Louvor ao Deus das verdades
Revoando por todo o arrebol
Santificando as interioridades
Eterno e especifico farol
Iluminando de paz as potestades
Do bucolismo, do canto do rouxinol
Flautas com toques de autenticidades
Toque inebriante, como o canto de Carol
Bênçãos etéreas de divindades
O horizonte se estende como lençol
Deus dos mundos e das dignidades
Também das folclóricas cornetas do Tirol
Sobressaem sempre as cumplicidades
Delírios musicais em lá bemol
O togue das trindades
O toque do sino ao por do sol

Daniel Costa

sábado, 9 de setembro de 2017

POEMA A FLOR, O POEMA EO VERDE

Crochetemoda: Blusas de Crochet


A FLOR, O POEMA E O VERDE

A flor, o poema e o verde
Manto parecendo poema
Ao longo sobressai a flor
Ondeando como acorde
Pureza e olor de alfazema
Visão dum mundo auricolor
Colo de doce madre
Beleza de écran de cinema
Figuração de esplendor
Visão de beleza para lorde
Desejado emblema
Adejando o seu valor
Parecendo monte verde
Teorema a parecer esquema
Eis o poema a realçar a flor:
- Sustentada pelo seu caule verde

Daniel Costa

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

POEMA CAMPONÊS NATURALMENTE


Love it! Want it!


CAMPONÊS NATURALMENTE

Camponês naturalmente
Não sendo de civilização de casta
Nascer nessa condição é-o obviamente
Partir dessa origem é apriorista
Não fatal, evidentemente
Porém é um caminho adventista
Algo redutor, primeiramente
Somente aceite como generalista
Camponês naturalmente
O poeta – jornaleiro nascera humanista
Cumpria integralmente
Não se sentia camponês, talvez iluminista
De vigor rigoroso e diligente
Indubitavelmente altruísta
Vigoroso e convincente
Camponês naturalmente

Daniel Costa

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

POEMA A VIDA É ROSA


Vestido Estampado Plus Size - Marguerite

A VIDA É ROSA

A vida é rosa
Gostosa de ser vivida
Como poética prosa
Com mente atrevida
Com gosto, em grosa
Eternamente ávida
A vida é rosa
De importância devida
Felicidade de mariposa…
- Toda a felicidade reunida
Em vassalagem gloriosa
Gratidão em contrapartida
A vida é rosa
Acenemos com a flor margarida
Gratidão amorosa
A vida convida
À paixão vigorosa
À paixão atrevida
A vida é rosa

Daniel Costa