segunda-feira, 29 de maio de 2017

POEMA ANJO ILUMINISTA

Foto de Literartura.

ANJO ILUMINISTA

Anjo iluminista
Altruísta da tolerância,
Tolerância de artista,
Ainda que à distância
Forma de colunista
Doce fragrância
Anjo iluminista
Sentida ressonância
Jeito de filigranista
Humildade em abundância
Criatividade leccionista!...
Atenção de audiência
Anjo iluminista
Sorriso em cadência,
Cadência de organista
Brilho de incandescência,
Desejos de perfeccionista
Amor de inerência
Anjo iluminista
Daniel Costa


sexta-feira, 26 de maio de 2017

POEMA SÉTIMO CÉU

Foto de Daniel Cordeiro Costa.

SÉTIMO CÉU

Sétimo céu,
Sétimo dia
Sentimentos ao léu!...
Manto da Virgem Maria,
Paixão de véu!
Até à idolatria,
Sétimo céu,
Amo-a com magia
Imaginando Galileu,
Instinto de galhardia
Flor, de androceu
Vivência de concórdia,
Sétimo céu,
Música em rapsódia
Doce jubileu
Vitória da galhardia
Ela e eu
Formação de abadia,
Grandeza de museu
Eterna estadia
Sétimo céu
Daniel Costa


segunda-feira, 22 de maio de 2017

POEMA ARCANJO DAS DILIGÊNCIAS

Foto de Literartura.

ARCANJO DAS DILIGÊNCIAS

Arcanjo das diligências,
Curador de rectidão,
Preconizando transparências,
Para o mundo bênção!...
Em todas as incumbências
Ainda que, de grande amplidão
Em mundos de abrangências.
De enorme vastidão
Arcanjo das diligências
Acalentador de exactidão,
Em todas as referências
Estimulando a prontidão,
De merecidas deferências,
Desde que existam então,
Onde coexistem ciências,
Desamores de maldição,
Arcanjo das diligências
Roga pela contenção,
De esboços de maledicências,
Disfarçadas invejas, faltas de aptidão,
Arcanjo das diligências,
Rumo à união!...

Daniel Costa

quarta-feira, 17 de maio de 2017

POEMA FLOR PEREGRINA

Foto de Literartura.

FLOR PEREGRINA

Flor peregrina!...
Amor e integridade
Viajante de doutrina
Coral de afabilidade
Floricultura maestrina
Intensa atractividade,
Cantando… Divina… Trina…
Peregrinação de dignidade
Tonalidade de ocarina
Busca de co-eternidade
Flor peregrina!...
Florida, cristalinidade,
Meca e Medina
Domina a liberdade,
A felicidade a domina,
Procurando a verdade
Como colombina,
Trilha a intensidade,
Revendo a sabatina
Flor peregrina!...

Daniel Costa

segunda-feira, 15 de maio de 2017

POEMA PRESSÃO MENTAL PERSECUTÓRIA

Foto de Literartura.

PRESSÃO MENTAL PERSECUTÓRIA


Pressão mental persecutória
Alma de corvo, sua negrura a rasar,
Esvoaça a pomba branca clama vitória
Verdadeira impertinência no ar,
Da alvorada ao entardecer da história
Insistentemente, a pomba arrulha a endeusar
O corvo, não desiste de aleivosia probatória,
Qual satã, infinitamente a ousar
Pressão mental persecutória
Estendal de negro a tentar bicar e amossar
Pomba branca… Esvoaça rogatória
Voa sem descanso a ensinar a valsar
Enormes tensões, mente doente, vexatória
Repetição, desinteressante, a processar
Esvoaça pomba branca, clama vitória
Com a tua alma angélica, deixa o corvo afastar
Pressão mental persecutória…
Desejo viver no mundo, sempre amar,
Construindo o céu na memória,
Onde dardeje e brilhe o azul do mar!...


Daniel Costa 

quarta-feira, 10 de maio de 2017

POEMA AMADA AMANTE

Foto de Literartura.

AMADA AMANTE

Amada amante
Flor a desabrochar
Do poeta diamante
Cupido a flechar
Etéreo declarante
Doçura a amealhar
Amada amante
Alvura a se declarar
Amor transbordante
Ternura a se aninhar,
Aninhar flamejante!...
Coração a cintilar
Amada amante,
Alma deslumbrante
Amor de entalhar
Fervor borbulhante
Sensualidade a se espelhar
Amada amante
Prazer de partilhar
Poesia contagiante
Amada amante
Flor a desabrochar

Daniel Costa

domingo, 7 de maio de 2017

POEMA O CHORO NO VENTRE DA MAMÃ

Foto de Literartura.

O CHORO NO VENTRE DA MAMÃ


O choro no ventre da mamã,
Arrepio… alegre sortilégio
Melopeia extraprograma,
Fluxograma em prodígio
Cronograma em holograma
Inesquecível alma de prestígio
Visão de organograma,
Monumental presságio
Risonho sonho de panorama
Alvor de presente régio
Presente sem criptograma!
Jamais identificador pelágio
Anexim... imaginação de dama…
… Arrepio… alegre sortilégio
O choro no ventre da mamã!...  

Daniel Costa

segunda-feira, 1 de maio de 2017

POEMA AMOR ETERNO

Foto de Literartura.

AMOR ETERNO


Amor eterno,
Amor florescente
Quiçá co-eterno
Vida abrangente
Vigor moderno,
Sorriso antecedente
Feliz contorno,
Criando ambiente,
Vivaz, ardente
Olhar terno
Flor ascendente
Observatório… Interno!...
Razão absorvente
Amor de retorno,
Clarividência evidente
Musical adorno
Emoção cadente
Amor eterno,
Amor florescente!... 

Daniel Costa

quinta-feira, 27 de abril de 2017

POEMA GAROTA, FLOR FESTIVA

Foto de Literartura.

GAROTA, FLOR FESTIVA

Garota, flor festiva,
Flor de festival
Garota, bela… vida!...
Vida, vivida, noival
Carinho sem medida
Festa ocidental
Amada afectiva
Flor, amor sem igual
Gostosura apelativa
Desejo sem rival
Amada sagaz, criativa
Mar se espreguiçando no areal
Lisura comparativa
Alvura e azul marial
Flor balouçando atractiva
Extraordinária, real
Felicidade construtiva
Nortada tropical
Garota, flor festiva,
Fundo tradicional
Amada assumida
Flor de festival…

Daniel Costa

quarta-feira, 26 de abril de 2017

POEMA ANJO DAS VIELAS

Foto de Literartura.

ANJO DAS VIELAS 

Anjo das vielas,
Das frentes vizinhas,
Das janelas singelas
Vidas em torvelinho
Lençóis de aguarelas,
Imaginado de linho
Sedução de belas
Sugestão de carinho,
Anjo das vielas
Olhares de principezinho
Ternura de beijadelas
Cultura de Pergaminho
Figurando flores nas lapelas
Seguindo devagarzinho
Olhando com cautelas
Procurando passarinho
Anjo das vielas
Conduta de adivinho
Fugazes novelas
Eternamente sozinho
Anjo das vielas   

Daniel Costa


sábado, 22 de abril de 2017

POEMA ALMA DE CRISTAL

Foto de Literartura.

ALMA DE CRISTAL

Alma de cristal
Amada arrebatada
Galho de giestal
Pedra doirada
Sonhos de vestal
Artista fadada
Poema de madrigal
Sonho da madrugada
Iris transcontinental
Deusa enviada
Ária sentimental
Infinita e fadada
Anjo sacramental
Porte de namorada
Alegria total
Sorriso de apaixonada
Alma de cristal
Alma iluminada
Cristal orbital… 
Daniel Costa


terça-feira, 18 de abril de 2017

POEMA ODE À PRIMAVERA II

Foto de Literartura.
Foto de Literartura.

ODE À PRIMAVERA II

Ode à Primavera
Campos verdejantes
Flores na esfera
Verduras exuberantes
Coração que se esmera
Corações brilhantes
Ode à Primavera
Campos verdes ondulantes
Certeza sincera
Fortunas avassalantes
Fortuna de fé que impera
Olores frescos, tonificantes
Ode à Primavera
Trauteares galantes
Paciência de brilho na espera
Dardejar de brilhos constantes
Galante, o amor lidera
Amores felizes congratulantes
Ode à Primavera
Corações de amores transbordantes
Ode à Primavera!...

Daniel Costa


INICIO

INÍCIO