sábado, 7 de dezembro de 2013

POEMA O AMOR E O OTIMISMO



O AMOR E O OTIMISMO 

Amar é intimismo
Assim deve ser entendido
O amor e o otimismo
Dualidade, em resumido
Verticalidade, determinismo
 Humanismo assumido
Solidariedade e lealismo
Depois do amor já vivido
Digo não ao conformismo!
Amor eterno como o amido
Estoicismo!
Sem lamento ou prurido
Sempre presente o dinamismo
A transmitir um sentido
À mulher que luta pelo moralismo
A mulher que espreita um mundo mexido,
O mar se espraiando com metodismo
Entre as rochas o escuta sem rugido
O entende como simbolismo
Acariciando a areia, embevecido!
Pensa na lua cheia, com fé e otimismo
Espera, sem se tornar um ser enraivecido!
Ainda que, espere a justiça ser feita ao imoralismo,
Como foi consabido!
O amor e o otimismo,
Esperam a justeza de acabar com a idiotice, ato atrevido!
O amor e o otimismo!

Daniel Costa
 
 


 
 

2 comentários:

  1. Bom dia querido amigo Daniel
    A amizade é uma dádiva e não há presente, Papai Noel, árvore ou ceia que supere isso. Nesse Natal, desejo-lhe tudo de mais belo e verdadeiro. Que sua família esteja unida como manda o verdadeiro espírito natalino e que nossa amizade se perpetue por muitas e muitas festas como essa. O Natal é tempo de paz, amor e esperança e eu não poderia viver esses sentimentos sem compartilhá-los com você. Tem um mimo de natal para você neste link http://gracitaselinhos.blogspot.com.br/2013/12/natal.html Ele está personalizado com o teu nome. Um mimo simples para estreitar os nossos laços de amizade.
    Desejo que a sua semana seja muito abençoada e feliz.
    Beijos com carinho


    ResponderEliminar